Para que serve o aditamento do FIES?

O estresse é uma resposta física e mental que gera o ser humano em situações que exigem uma reação para garantir a sobrevivência. No universo atual, o ritmo da vida e a alta quantidade de estímulos tornam o estresse mais comum. O grau de estresse varia de acordo com a pessoa, mas pode se manifestar em qualquer idade. Mesmo em certos casos, ele tende a se apresentar como um estado crônico.

Dentro do local de trabalho, o estresse é inevitável. No entanto, há circunstâncias em que o estresse funciona como combustível para estimular os trabalhadores a atingir um nível adequado. Segundo a última pesquisa do Instituto de Integração, realizada com 2.200 pessoas em 19 departamentos do Peru, 6 em cada 10 peruanos dizem que sua vida foi estressante no ano passado. Por outro lado, apenas 8% consideram que vivem sem estresse e relaxados.

Para que serve o aditamento do FIES?

Para gerenciar o estresse e mantê-lo sob controle, existem dois tipos de circunstâncias que devem ser consideradas. Aqueles que dependem da empresa (ou o ambiente dentro dela) e aqueles que dependem do trabalhador. Para lidar com o estresse no trabalho, é necessário conhecer as tensões do ambiente para combatê-las. Preste atenção aos sinais do seu corpo e privilegie a comunicação. Outros truques para controlar o estresse são.

Em relação aos fatores de estresse, os problemas econômicos e os relacionados à saúde são os que mais afetam os peruanos. 2 em cada 3 peruanos sustentam que sua situação econômica tem sido uma fonte de estresse, já que 68% deles não têm renda suficiente. Da mesma forma, 1 em cada 3 peruanos afirma que os problemas de saúde geraram estresse no último ano.

Outros fatores de estresse para os peruanos são: insegurança cidadã (31%), problemas de casal (17%) e filhos (17%). Em relação ao sexo, as mulheres apresentam níveis mais elevados de estresse (63%) do que os homens (52%). O bom uso da linguagem corporal pode ser decisivo durante uma conversa, para ter sucesso neste exemplo, nós lhe damos 5 dicas para melhorar sua linguagem corporal aditamento FIES.

Em algum momento, temos observado pessoas que chamam nossa atenção pela maneira como usam a linguagem corporal para acompanhar suas conversas; no entanto, muitas vezes esquecemos de estudar como usamos nossa própria linguagem corporal, diz o portal Inc. Essas são 5 dicas para se certificar de que você está fazendo bom uso de sua linguagem corporal.

Veja como fazer o aditamento

Melhore sua linguagem corporal – Posições para aumentar sua confiança. Antes de enfrentar uma reunião ou uma situação que você sabe que vai causar muitos nervos e inseguranças, você deve tomar alguns minutos para respirar, esticar os braços para o céu, ficar com as mãos nos quadris e outras posições que não fazem você se sentir liberado. Pode parecer bobo, mas este simples detalhe pode aumentar sensivelmente seus níveis de confiança.

Se você constantemente franze a testa ou recorre a expressões faciais negativas, as pessoas ao seu redor logo perceberão que você não está gostando da situação, então você começará a perder a credibilidade. Em vez disso, você deve fazer um esforço para sorrir para que o resto possa ser infectado pelo seu entusiasmo.

[su_list icon=”icon: share” icon_color=”#1ab6e8″]

[/su_list]

Ficar cara a cara com outra pessoa pode ser desconfortável. Para evitar esta situação, sem ser indelicado, é aconselhável variar a sua postura alguns centímetros, desta forma você ainda estará cara a cara com a outra pessoa, mas de um ângulo diferente. Lembre-se que você não deve voltar, apenas mude o ângulo.

About

View all posts by